Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Gato Pardo

Para quem não conhecia, saiam enquanto é tempo...Para quem já conheceu, puxem duma cadeira...Vem aí a versão 2.0...

E do fundo do baú...

Ando a revisitar algumas pérolas musicais do passado...

Hoje deu-me para Mão Morta...Não só porque gosto, mas porque um vocalista com o apelido Luxúria Canibal é perfeitamente digno da minha admiração eterna e centenas de vénias em sinal de respeito!

E ainda continuo com uma crescente vontade de ir dar um saltinho a Budapeste...

 

Cleaning time!

Já encontrei coisas estranhas nas entranhas do meu computador...

Pornografia vietnamita, quantidades tão absurdas de pó que fariam o Maradona parecer uma assistente social ou até mesmo uma lata de ar comprimido que me esqueci da última vez que o limpei (ainda se fosse uma caixa de comprimidos, estou com uma dor de cabeça dos diabos...)...

De cada vez que tomo a decisão idiota de limpar o computador, lembro-me sempre de 3 excelentes razões para não o fazer...

 

- Ir beber café parece-me sempre melhor ideia...

- Acompanhar o dito com um cigarro soa-me ainda melhor...

- Águardente...LOL

 

Apesar das 3 razões mencionadas acima, levei mesmo a decisão adiante e fui investigar as catacumbas dos meus discos rígidos...

Para além da dita pornografia vietnamita (nunca mais vou olhar para um crepe da mesma forma...) encontrei coisas tão interessantes como pastas com programas que apaguei anos atrás, pastas com programas que não me recordo de alguma vez ter instalado e uma quantidade absurda de m*rda que o Windows vai deixando para trás...Aliás, quase que me atrevo a dizer que se o Windows fosse um serial killer não teria grande sucesso, porque ia deixar sangue e tripas por todo o lado...

Bem, após cerca de 12 gigas de informação apagada, transferida ou simplesmente aniquilada da face da terra, 2 restauros de sistema, um sem número de desfragmentações (continuo a achar que esta expressão tem nome de dispositivo intra uterino...), limpar o registo do sistema com Sonasol, decapante e graxa de sapatos (para dar aquele brilho extra) estou em condições de afirmar o seguinte...

VOU MAS É FAZER FORMAT C: A ISTO, PORRA!

Sâo poucas as vezes que escrevo de forma séria...Esta é uma delas...

Pensei muito antes de escrever este post, mas a verdade é que isto incomoda-me em demasia para deixar passar em branco...

 

Existem poucas coisas capazes de me surpreender na vida.

O ser humano está no topo da lista. Pelas melhores e piores razões.

Quando uma amiga nos olha nos olhos e diz que está feliz porque encontrou alguém que a completa, é motivo para celebrar. No entanto, fica-se com a sensação que algo não está bem. Pergunta-se se se passa algo mais. E ela diz que os pais dela se recusam a conhecer o homem em questão. Pergunto porquê de tal atitude. A resposta?

 

- Porque ele tem dois filhos de um casamento anterior...

 

Ok...Desconhecia que homens e mulheres divorciados com filhos eram cidadãos de segunda, a ralé da sociedade e que deviam ir viver para os esgotos como uns foragidos da lei. Desconhecia também que nas ditas circunstâncias, os pais têm a perfeita legitimidade para destruir psicologicamente uma filha (e uma neta, porque isso acaba também por afectar a filha dela) simplesmente porque são dois idiotas...

Conclusão...Ela que neste momento se sente feliz sentimentalmente, está consumida pelo desgosto familiar. Para evitar o desgosto familiar, seria obrigada a abdicar daquilo que ela mais desejou nos últimos dois anos. Coisa que não o fará. Nem eu esperava outra atitude dela. Mas sei o quanto o coração dela está em cacos por uma atitude que nunca nenhum pai ou mãe deveria ter.

Colocar as suas ideologias de m*rda acima da felicidade de um(a) filho(a)...

Sabem porque é que eu gosto realmente de Sintra?

- Travesseiros da Periquita e boa palheta enquanto os como.

- Fabulosas lembranças da Praia das Maçãs e ventos ciclónicos de 300 km/h, o que para um gajo com a minha trunfa, é um espectáculo tentar acender um cigarro lá sentado na esplanada.

- Uma placa que fica na rua abaixo da Periquita que diz "A vida é curta demais para beber maus vinhos"...

 

 

Escolhas...

Li algures que o PCP, Bloco e os Verdes recusaram reunir-se com a Troika...

Óbvio...Se fosse eu fazia o mesmo...

Se é para me f*oderem, que fosse a Paris Hilton, não a Peres...Troika!

 

Ui...Humor político de fino recorte...

:)

Já me fazia falta uma noite destas...Thank you!

Existem momentos extraordinários que permitem posts igualmente extraordinários...Eu por exemplo, continuo à espera do dia em que o Castelo Branco tenha uma atitude máscula e peça um bagaço numa tasca com voz grossa...É algo pelo qual anseio para poder escrever o post da minha vida...Mas enquanto isso não acontece, faço aqui um pequeno resumo da minha noite passada...

 

Palheta, transgressões rodoviárias de uma variedade digna de figurar no Kama Sutra (algumas delas até ocorreram no mesmo local, vá-se lá entender), pedidos de informações a senhoras que tinham como companhia um caixote do lixo numa rua mal iluminada (vá, não sejam mauzinhos...As senhoras só foram levar o lixo...), mais meia dúzia de transgressões que fariam um camionista passar por uma qualquer personagem da Disney, questionar outros dois velhotes por um restaurante que não aquele que realmente procurava enquanto alguém me berrava ao telemóvel que não era esse o nome, mais 347 inversões de marcha, levar em consideração a séria hipótese de fazer 80 km para ir comer hambúrgueres a uma roulotte, finalmente encontrar o c*brão do restaurante, estacionar de tal forma mal e porcamente que bloqueei 4 carros de uma só vez...

E eis que alcanço o céu...Não que tivesse 72 virgens à porta a lançar-me pétalas de rosas à minha passagem, mas quase...

Um tasco? Com cachecóis do Benfica pregado a cada cm quadrado de parede? Com pessoal a falar alto? Porra, o que é que um homem pode desejar mais? Nada, certo?

Errado...

Quando um tipo se senta e espetam-lhe com um prato de camarões a afogarem-se em molho de alho passados 30 segundos, é algo de sublime...Quando um tipo puxa do garfo e passados 2 minutos tem um prato de amêijoas a deslizar para o seu perímetro visual, um tipo realmente questiona se não terá morrido meia hora antes numa das transgressões rodoviárias que cometeu e aquilo não passa de uma ilusão...Quando um gajo ataca as amêijoas e vem uma travessa de pão e um prato de camarões, um gajo tem de se questionar se não é isto o orgasmo múltiplo masculino...Curiosamente não...Só se tem a certeza disso quando vem a sangria...

Um verdadeiro palate overload...

Depois vem a grelhada mista...POOOOOOOOOOOOOOOOOOOOORRRRRAAAAA!!!

What are you trying to do? Kill me? Please do...Oh yeah, baby...

Perdi a conta aos jarros de sangria...E à simpatia dos empregados...E à boa disposição...E ao facto de como queríamos fumar uns cigarritos, terem arranjado uma mesa lá fora para o pessoal...E ao outro jarro de sangria que lá foi parar, sem eu saber bem como...E aos cafés...E ao nº absurdo de moscatéis de bebemos à pala...E aos pastéis de nata...My god, os pastéis de nata...Ah, e o sacana do gato que por ali apareceu do nada e se pôs a olhar para mim tipo "Ó bacano, isto aqui é o meu território...Vá, mas como tu és o Gato Pardo dou-te um desconto mas só se me fizeres umas festinhas no lombo...". Dizem que os gatos respeitam-se uns aos outros...É mentira! O sacana tentou afiar o dente ao pastel de nata...Bastard...

Posso afirmar com toda a honestidade que podíamos ter ficado lá a madrugada inteira a ver aviões a caminho do Aeroporto da Portela que os tipos se estavam a borrifar...O problema é que acho que não devia de haver moscatel suficiente...

Nenhuma madrugada termina decentemente sem Antiqua...É uma espécie de religião...As velhas vão à igreja, os desesperados criam perfis no Badoo e eu apanho cadelas com Antiqua...É uma questão de postura perante a vida...A minha no dia seguinte costuma ser arrastado pelo chão com os sinos da Igreja do Bom Jesus de Braga entalados na caixa craniana...

Acabar a noite a ouvir Iron Maiden, Nirvana e Ramstein agarrado a uma Antiqua, a fumar descaradamente numa zona de não fumadores e a ver gaivotas mais bêbedas que eu a sobrevoar o mar é mais uma página digna da minha existência felina...

 

When it's time to party, we will party hard!

 

(Andrew W. K.)

Charters de chineses!!!

Afinal o Futre é um visionário...Ele bem avisou que iam andar aí charters apinhados de chinocas...Só se esqueceu foi de avisar que os mesmos charters nem sequer descolavam e ficavam todos em Hong Kong para a estreia do primeiro filme pornográfico em 3D...

Diz quem viu que aquilo foi tão 3D, que todos se vieram no processo juntamente com os actores...Coisa digna, mesmo...

Mais uma vez se prova que somos um povo pioneiro...O velhinho cinema Olímpia por esse ponto de vista, já proporcionava o 3D há mais de 20 anos atrás...

{#emotions_dlg.sarcastic}

Ai sim?

«Economia portuguesa tem condições para ultrapassar dificuldades»

Hum...Ao preço a que estão os combustíveis duvido que tenhamos sequer capacidade para ultrapassar um mata velhos, quanto mais as dificuldades...E se tivermos mesmo azar, para além de termos chamado o FMI, ainda acabamos a chamar o reboque porque o tanque já estava na reserva e o gasóleo acaba...

 

O Camões é que sabe viver...mesmo já tendo quinado...

Lisboa, menina e moça, nada mais é do que aquilo que as pessoas fazem dela.

Momentos que ficam para sempre, fotos a preto e branco mentais, abraços que nunca se perdem no tempo...

Lisboa tem locais que possuem nuances dignas de um jardim parisiense, um café em Amesterdão e um concerto dos System of a Down...Sim, refiro-me ao Largo do Camões...

Não existirá possivelmente em Lisboa local que admire e odeie tanto ao mesmo tempo...Odeio, simplesmente porque sim...Se o Nobre pode ser candidato pelo PSD, também me pode dar na telha para ter ódios de estimação...Admiro, porque o local consegue englobar tudo aquilo que admiro no ser humano...Álcool (ou aquilo não estivesse ao lado do Bairro Alto), um cheiro deveras intenso a erva (e não é açafrão, eu perguntei...), pessoal a rir à parva (possivelmente devido a uma combinação dos dois itens acima mencionados), uma esplanada que me fez recordar bons tempos em Paris, carradas de tatuagens de variadas cores e feitios e...eu!

Ok, para além de tudo o que mencionei, também lá existe o La Brasserie de L`Entrecôte (sim, já lá meti os pés e recomendo a todos que vão lá comer...Mas só uma vez, que o estrago financeiro é significativo...) e o Olivier mais abaixo (não, nunca meti os pés no Olivier...Passei 3 anos a trabalhar só para cobrir o estrago no La Brasserie...)...

De volta ao Largo do Camões...Por norma, há uma coisa que se destaca lá, que é a dita estátua...e o pessoal estendido à sombra da mesma e que vai rodando conforme a posição do sol. Hoje foram duas...Era a estátua e eu...A estátua, porque continuava a proporcionar sombra ao pessoal que lá estava...Eu, porque por muito que procurasse uma sombra, os bancos estavam ocupados, as cadeiras da esplanada também e porque era o único tipo louco o suficiente para estar ali de fato e gravata a torrar ao sol feito torresmo...

Os bancos estavam ocupados ora por velhotes que discutiam animadamente as mais recentes ocorrências futebolísticas ao ponto de quase andarem à pêra por causa disso ou por casais de namorados, eles com a cabeça deitada no colo delas e elas a lerem um livro qualquer...Fez-me lembrar por breves instantes o fim do filme Notting Hill...As cadeiras da esplanada estavam mais requisitadas do que as meninas do Red Light District...Muita malta tatuada (e que belas tatuagens...Acordou novamente aquele desejo de fazer finalmente a maldita tatuagem...Cheira-me que é este ano...), onda muito vintage, retro, emo, eu sei lá...A melhor forma que consigo descrever o que vi é uma espécie de brunch (tudo ao molho e fé em deus...)!

E claro, o pessoal à sombra da estátua...Aqui, apenas um pequeno reparo a uma pequena que se juntou ao grupo de amigos...Piquena, hã...Sabes, a Gillette também tem lãminas adequadas ao sexo feminino...Ter mais pêlos nas pernas que o Tony Ramos não é necessariamente motivo de orgulho para uma mulher...Digo eu...

E para terminar em beleza, fui alvo de um inquérito sobre o metropolitano de Lisboa, isto apesar de ter afirmado desde o primeiro momento que não era utilizador assíduo do mesmo...Parece que isso é opcional...

O Largo do Camões é um mundo à parte...Uma espécie de universo paralelo que consegue englobar coisas tão distintas como destinos gastronómicos para o Anthony Bourdain, pinturas do Francisco Goya, o vosso dealer de canabbis preferido, cerveja fresca, chá quente e a observar tudo, um dos nossos poetas mais ilustres...

Love it!

Pág. 1/2

Uma caixinha catita que permite pesquisar as entranhas dos últimos anos de posts. Muito útil, principalmente porque nem eu já me lembro de metade do que escrevi...

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Calendário

Abril 2011

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Licença

Licença Creative Commons
Este obra para além de estar razoavelmente bem escrita (se assim não fosse, não havia tanta gente a plagiá-la), está também licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D